Compartilhe

ALTA INCIDÊNCIA DE CÂNCER NO RS ALERTA PARA A IMPORTÂNCIA DO SEGURO DE VIDA

Em 140 cidades do Rio Grande do Sul o câncer é a principal causa de morte, sendo o estado com maior número de municípios afetados dessa forma pela doença. Portanto, cabe às seguradoras atenção especial aos dados.

Estela Formiga, Especialista do segmento Vida da Sompo Seguros no Rio Grande do Sul enfatiza que “esse é um fator preocupante, com o qual toda a sociedade deve estar alerta. Não só no nosso estado, mas em todo o País. Sabemos que, dos fatores de risco de incidência de câncer, alguns são evitáveis”.

Segundo dados do IBCC – Instituto Brasileiro de Controle do Câncer, há duas maneiras de prevenção do câncer: a primária e a secundária. A primária está ligada a hábitos que contribuem para uma vida mais saudável e também para evitar doenças graves como o câncer. São eles: não fumar; ter uma boa alimentação, fazendo uma dieta pobre em gorduras animais e rica em fibras; evitar o consumo de hormônio em excesso e também de conservantes químicos; evitar contato com substância química cancerígena; expor-se ao sol apenas nos horários recomendados; e fazer a higiene adequada dos órgãos genitais, da boca e dos alimentos a serem ingeridos;

A secundária baseia-se na realização de exames periódicos que têm como objetivo a descoberta de alterações precursoras no organismo.

Para Estela, a indústria de Seguros deve cumprir seu papel “disponibilizando seguros que possam garantir meios para que as pessoas estejam devidamente resguardadas caso tenham que ser submetidas ao processo de tratamento de doença”. As coberturas do seguro de vida podem lhe auxiliar nesses casos. A cobertura de doenças graves, seja no plano básico ou estendido disponibiliza o pagamento de indenização ao segurado caso seja diagnosticada uma doença grave pré-definida no contrato. A indenização é independente da cobertura de morte. Portanto, “mesmo que ocorra a morte em função de uma doença grave coberta, os beneficiários receberão o valor integral da garantia de morte”, afirma Estela.

Para a especialista em vida, é de extrema importância que haja prevenção da população. Ela afirma que o seguro de vida deve ser tratado com tanta importância quanto os outros, pois assim como o seguro automóvel é contratado para repor ou consertar um veículo, caso ele seja danificado, “o seguro de vida garante o capital segurado caso o quadro de saúde do segurado se altere”, garante  Estela.

Fonte: Segs/Jul 2018

Nosso post sobre “Alta incidência de câncer no RS alerta para importância do seguro de vida” lhe foi útil? Então, curta nossa página e compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas fiquem informadas e até a próxima!

 

Conheça as nossas redes sociais: