Compartilhe

5 dicas para uma viagem segura e econômica

Após dois anos em queda, em 2017 o número de brasileiros que viajam para o exterior voltou a crescer. A pesquisa realizada pela Associação Brasileira dos Operadores de Turismo(Braztoa), apontou que o aumento foi de 26% (R$ 1,2 milhões) quando comparado ao ano anterior. Isso resultou em um aumento de 18% no setor de viagens internacionais, totalizando R$ 12,2 bilhões – valor que ficou 8% acima quando comparado com 2016.

Recuperando-se da crise, o brasileiro demonstra que não deixou sua paixão de lado em momento algum. “Com pesquisas, é possível encontrar destinos diferentes, datas mais em conta e até mesmos fintechs que ofereçam desconto na compra de outras moedas”, diz Jung Park, sócio da NeoCâmbio.

Do momento da escolha do destino à mudança de determinados comportamentos durante a viagem, é possível ter economia sem perder a segurança.

1 FLEXIBILIDADE COM DATAS

Embora não seja segredo que as altas temporadas trazem um custo de passagens e hospedagens maior, existem outras variáveis que alteram esses valores também – principalmente quando se fala dos voos.

É interessante buscar por mais de uma data antes de fechar uma viagem. Muitas vezes embarcar em um dia diferente da semana ou próximo ao final do mês pode significar uma grande economia.

2 – DOCUMENTOS DIGITALIZADOS

Perder documentos pode gerar uma grande dor de cabeça. Por garantia, é uma boa opção digitalizá-los. Sua importância se dá pela possibilidade de reter informações importantes como números e códigos.

Recentemente, a ANAC comunicou a liberação do uso de documentos digitais no momento de embarque, porém, o aceite ainda se limita aos voos domésticos.

3 – PASSEIOS GRATUITOS

As cidade turísticas costumam ter diversas opções de visitas com entrada gratuita, como parques e museus. uma boa ideia é pesquisar sobre o destino dias antes do embarque e montar um itinerário, assim, é possível conhecer diversos locais e economizar além do dinheiro, tempo.

4 – CONTROLE DE GASTOS NA PONTA DO LÁPIS

Detalhar e acompanhar o orçamento reservado para a viagem ajuda a controlá-lo. Ao cogitar gastá-lo pode-se pensar duas vezes e estudar as possibilidades de utilizar o saldo para o momento em questão ou para outra coisa mais interessante.

5 – SEGURO VIAGEM

O seguro Viagem é um  investimento indispensável. Apesar de não ser obrigatório para alguns países, fazê-lo significa uma enorme economia diante de um imprevisto. A aquisição significa segurança das bagagens, atendimento médico, odontológico e até mesmo assistência de medicamentos.” Ter o Seguro Viagem resulta em uma viagem mais confortável, tranquila e segura.”, finaliza Park.

Fonte: EXAME/ Out 2018.

Nosso post sobre “5 dicas para uma viagem segura e econômica” lhe foi útil? Então, curta nossa página e compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas fiquem informadas e até a próxima.

CALCULE E CONTRATE ONLINE!

logo-porto-para-o-site_06-12   logo-vital-para-o-site_06   

CALCULE E CONTRATE!   CALCULE E CONTRATE!    CALCULE E CONTRATE!

Conheça as nossas redes sociais: